Conceito Genérico de Algoritmo



Mas afinal o que é Algoritmo? Embora essa palavra nos pareça estranha, fazemos uso constantemente de algoritmos em nosso cotidiano: a maneira como uma pessoa toma banho é um algoritmo, afinal de contas, não podemos secar nosso corpo antes de tomar banho certo? Muito embora eu já tenha feito isso quando criança, não significa dizer que seja o correto e coerente.

Clique no LEIA MAIS >> e confira esta postagem completa!


Outros algoritmos frequentemente encontrados são: instruções para se utilizar um aparelho eletrodoméstico; uma receita para preparo de algum prato; guia de preenchimento para declarar o imposto de renda; a regra para determinar o máximo e mínimo de funções por derivadas sucessivas; a maneira como as contas de água, luz e telefone são calculadas mensalmente.

Existem diversos conceitos para algoritmos, mas escolhi apenas um para ser apresentado aqui! “A importância do algoritmo está no formato de termos que especificar uma sequência de passos lógicos para que o computador possa executar uma tarefa qualquer, pois o mesmo por si só não tem vontade própria, faz apenas o que mandamos. Com uma ferramenta algorítmica, podemos conceber uma solução para um dado problema, independendo de uma linguagem específica e até mesmo do próprio computador.”

Algoritmos podem ser representados, dentre outras maneiras, por: Descrição narrativa: Faz-se uso do português para descrever algoritmos. Ou seja, algoritmo é exatamente o que você deseja fazer, que também pode ser escrito na sua língua usual, para o nosso caso o Português, e só depois ser transformado para uma linguagem de programação, caso queira tornar aquilo que pensou, programavelmente funcional. Veja a seguir um exemplo de algoritmo!

Uma receita é uma descrição de um conjunto de passos ou ações que fazem a combinação de um conjunto de ingredientes com vista a obter um produto gastronômico particular, ou seja, obter um resultado.

Algoritmo (receita de bolo):

  1. Bater duas claras em neve;
  2. Adicionar duas gemas;
  3. Adicionar uma xícara de açúcar;
  4. Adicionar duas colheres de manteiga;
  5. Adicionar uma xícara de leite de coco;
  6. Adicionar farinha e fermento;
  7. Colocar numa forma e levar ao forno em nível baixo.
Evidentemente, este bolo pelo qual estou me referindo não vai dar certo, pois não se trata de uma receita de bolo exata, mas a intenção era exatamente para uma melhor compreensão de Algoritmo.

Certo, acredito que agora você já deve ter uma boa compreensão de algoritmo, mas o que isso tem a ver com o computador, com programação ou ainda mais com o dia-a-dia da informática?

Precisamos inicialmente considerar que, para que programas (Softwares) possam "pegar" em seu computador, é necessário uma série de cálculos que por sua vez é utilizada em outra linguagem, e não em números como pode ser percebido inicialmente. Então uma vez conhecido esta linguagem, basta apenas saber o Conceito Genérico de Algoritmo, pois desta forma precisamos organizar a linguagem e os dados de forma ordenada, ou seja, o programa é exatamente uma série de algoritmos que foram organizados de tal forma que o Software possa funcionar corretamente.

Se por acaso o programa fosse montado do fim para o início, evidentemente não iria funcionar, uma vez que o mesmo não está de acordo com a definição de Algoritmo.

Portanto, tenha em mente, que algoritmo é a um conjunto de Instruções que estão organizados de forma ordenada, para que o computador passa reconhecer a linguagem e executar as ordens na mesma sequência que o programador ordenou.



Sobre o Autor:
O OráculoWidson Melo é um dos desenvolvedores do Projeto Electronware e escreve sobre Tecnologia  da Informação e Eletroeletrônica em geral na Blogosfera. RPGista, Leitor e Técnico em Eletroeletrônica nas horas vagas. Nunca voou de Asa-delta.

0 comentários: