História da Internet: as motivações e desenvolvimento


Não há uma data exata para dizer o dia que a Internet começou a funcionar, mas podemos dizer que Leonard Kleinrock, juntamente com outros cientistas da ARPA (Advanced Research Projects Agency – Agência de Projetos de Pesquisa Avançada), trocou os primeiros bits entre dois computadores nos EUA em 2 de setembro de 1969. De lá para cá, a Internet cresceu exponencialmente e é umas das tecnologias – se não a maior – mais importante da atualidade.

Clique no LEIA MAIS >> e vejo o resto da história!


Início

O grande acontecimento que influenciou a criação da rede aconteceu quando a União Soviética lançou o primeiro satélite, Sputnik I, levando o Presidente dos EUA, Dwight Eisenhower, a buscar métodos para retomar o posto no avanço tecnológico na corrida armamentista. Criou a ARPA, nomeou J.C.R. Licklider para chefiar a nova organização e investir no programa SAGE (Semi-Automatic Ground Environment) para melhorar a proteção do país contra um ataque espacial. Licklider conversou com o IPTO (Information Processing Techniques Office) sobre os benefícios potenciais de uma rede de comunicações em escala nacional, e influenciou para que Lawrence Roberts fosse chamado para o projeto para implementar a sua visão. Roberts levou ao desenvolvimento da rede a idéia de novos modos de transmissão através da comutação de pacotes descobertos por Paul Baran na RAND (contração de research and development). Um computador especial chamado um Interface Message Processor foi desenvolvido pela empresa BBN para realizar o projeto, e a ARPAnet nasceu no início de outubro de 1969. A primeira utilização da rede foi fazer um login remoto entre UCLA e o SRI, derrubando o sistema após o “O” de LOGIN ser digitado. No final de 1969, a Internet tinha quatro nós, sendo os novos na Universidade da Califórnia em Santa Barbara e na Universidade de Utah.

O primeiro protocolo de rede usado na ARPAnet foi o Network Control Program, mas com o aumento da rede, acabou sendo substituído pela arquitetura inicial do TCP / IP, desenvolvido por Robert Kahn, Vinton Cerf. Este trabalho de projetar a interconexão de várias redes foi feito pela DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency – Agência de Projetos de Pesquisa Avançados de Defesa), criaram a idéia de redes de redes.

Crescimento

Ao final da década de 1970, aproximadamente 200 máquinas estavam conectadas a ARPANET. Ao final da década de 1980 a Internet pública chegava a cem mil computadores. Esta época foi de formidável crescimento. Tudo isso graças a vários esforços distintos com a intenção de interligar universidades. 

Na década de 1980, foi desenvolvido na França um sistema de redes de dados baseados em circuitos virtuais, era o Minitel. Um plano ambicioso patrocinado pelo governo do país, que chegou a distribuir terminais para quem os quisesse. O sistema incluía sites de livre acesso – como o da lista telefônica – e também sites particulares, que cobravam uma taxa de cada usuário baseada no tempo de utilização. É importante salientar que nesta época não existia GUI (graphical user interface – interface gráfica de usuário) para acessar os sites, tampouco, o conhecido HTTP, portanto, na França nasciam os primeiros web sites. OBS: o Minitel funciona até hoje, mas a France Telecom pretende aposentá-lo.

Internet para as pessoas

Em 1990, graças a NFSNET - a mesma é a ARPAnet com um novo nome - e, turbinada com a criação do protocolo HTTP, a utilização da Internet explodiu nos anos 90, provocando o governo americano a passar a gestão da rede para organizações independentes a partir de 1995. Na segunda metade da década de 1990 houve um período de tremendo crescimento e inovação, com grandes corporações e milhares de novas empresas criando produtos e serviços. Surgia o pioneiro serviço de mensagens instantâneas, o ICQ, que funciona até hoje! Também começava a pirataria, ops... Começava o compartilhamento de arquivos através do P2P, cujo pioneiro foi o Napster, esse sim, aposentado.

Outros momentos importantes:
- No início da década de 70 são criadas as primeiras redes wireless. A ALOHAnet interligava universidades das ilhas do Havaí.
- Em 1972 é criado o sistema de e-mail por Ray Tomlinson.
- Em 1973 a rede americana é interligada à rede européia.
- Em 1988, o Brasil troca os primeiros bits com uma universidade americana através de uma conexão de 9600 bps (bits por segundo).
- Tim Berners-Lee constrói a primeira página web com o protocolo HTTP em agosto de 1991.
- A Embratel em 1994 começa a oferecer um serviço de Internet comercial.
- Em 1994, o primeiro navegador comercial é lançado, o Netscape. Um ano depois, a Microsoft começa a fabricar também os seus navegadores, dando início a guerra entre os mesmos, vencida pela segunda empresa anos mais tarde.

Nova Web
 
Como sabemos a história não para por aí. Hoje vivemos na chamada Web 2.0, onde os usuários deixam de serem meros consumidores de conteúdo, passando a serem produtores do mesmo. Muito do tráfego atual é derivado de dados gerados por usuários comuns, como as redes sociais, vídeos, apostilas e tutoriais, blogs, mensageiros instantâneos, telefonia pela Internet..
Estima-se que com os avanços nos meios de transmissão, dos sistemas embutidos e de banco de dados, teremos um futuro totalmente conectado, onde poderemos acessar os sinais vitais dos nossos filhos ou pais através de uma página web, ou sendo mais otimista, de um celular.

Links interessantes:
Principais protocolos: http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_protocolos_de_redes




Sobre o Autor:
Mexa o mouse de novoAleciano Júnior é um dos colunistas do blog Electronware e escreve sobre Redes e Sistemas de comunicação, Hardware e Computação no mundo atual. Gosta de ajudar os bits a trafegarem e sonha com a Computação Invisível. Música é vida.

Um comentário:

  1. O Netscape merece muito respeito entre os navegadores,e também entre os próprios consumidores. É uma pena que os consumidores não mal informados achem que tudo aconteceu do dia para a noite.

    ResponderExcluir