Não faltam profissionais qualificados em TI, mas empresas qualificadas!



Nos últimos meses, uma das notícias que vem sendo mais divulgadas é a de que faltam profissionais qualificados no mercado brasileiro, principalmente os de TI. Tal notícia é lida por mim com certa dor, tendo em vista que nós, os profissionais de TI, é que sabemos mais de perto a realidade. E sabemos que a maior culpa não é dos profissionais, essa culpa é jogada porque fica mais fácil assim para as empresas e para o governo. Será que eles têm “moral” pra reclamar dos TI? Onde está o erro? Que profissionais ocupam as vagas existentes?
Clique no LEIA MAIS >> para ver.


Se você procurar por esta frase num mecanismo de busca qualquer, com certeza irá encontrar várias reportagens. Tem reportagem da Veja, da Info, da Exame. Enfim, inúmeras reportagens tratando do assunto, mas aí pergunto:
Realmente falta qualificação nos profissionais? Depende do ponto de vista… As empresas de TI estão hoje pedindo cada vez mais, e oferecendo cada vez menos, como este caso aqui. Não é difícil encontrar ofertas como essa (na verdade a maioria das ofertas se assemelha a esta), onde exigem muito conhecimento e experiência, e oferecem muito pouco.

Além do que, várias dessas ‘exigências’ são inviáveis. Tem como um profissional ser especialista em Web, Mobile e Desktop ao mesmo tempo? Saber os princípios, OK. Mas daí a ser experiente é mais quinhentos. Sendo assim, não existe realmente profissional “qualificado”.

A questão é, muitas empresas sequer sabem o que querem, então tentam encontrar um super-herói que vá atender todas as necessidades deles. Ainda mais, muitos consideram que desenvolver um sistema é um trabalho fácil e simples, e dá para se fazer em pouquíssimo tempo, e assim subestimam seus próprios projetos e contratam menor quantidade de pessoas, e muitas vezes de qualidade contestável, dado o que ofertam.

Resultados? Projetos atrasados, inacabados e cancelados. O Standish Group está aí para provar isto.  Rola por aí uma comparação de “E se contratássem motoristas como se contratam programadores?”. Infelizmente esta é a realidade hoje.

Veja o resto da matéria (original) clicando aqui.

Sobre o Autor:
Mexa o mouse de novoAleciano Júnior é um dos colunistas do blog Electronware e escreve sobre Redes e Sistemas de comunicação, Hardware e Computação no mundo atual. Gosta de ajudar os bits a trafegarem e sonha com a Computação Invisível. Música é vida.

0 comentários: