Começa medição de qualidade da banda larga no país




A partir de agora, os cidadãos brasileiros têm à sua disposição uma ferramenta para medir a qualidade de sua conexão banda larga. Os dados de cada teste servirão para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) medir e avaliar a qualidade da banda larga no Brasil. 


Os primeiros resultados devem ser divulgados pela Agência em dezembro deste ano. A partir desses dados, a Anatel reunirá informações para a adoção de medidas que permitam a progressiva melhoria do serviço.

Pelas metas estabelecidas nos regulamentos de Gestão da Qualidade dos serviços de Comunicação Multimídia (banda larga fixa) e Móvel Pessoal (banda larga móvel), as prestadoras deverão garantir mensalmente, em média, 60% da velocidade contratada pelos usuários. Em outras palavras, na contratação de um plano de 10 Mbps, a média mensal de velocidade deve ser de, no mínimo, 6 Mbps. A velocidade instantânea - aquela aferida pontualmente em uma medição - deve ser de, no mínimo, 20% do contratado, ou seja, 2 Mbps. Com isso, caso a prestadora entregue apenas 20% da velocidade contratada por vários dias, terá de, no restante do mês, entregar uma velocidade alta ao usuário para atingir a meta mensal de 60%.

Esses percentuais valem até novembro de 2013, quando serão ampliados conforme detalhado na abaixo.

- Prazo: A partir de novembro de 2012
- Taxa de Transmissão Média (download e upload): 60% da taxa de
transmissão máxima contratada
- Taxa de Transmissão Instantânea (download e upload): 20% da taxa de
transmissão máxima contratada pelo usuário

- Prazo: A partir de novembro de 2013
- Taxa de Transmissão Média (download e upload): 70% da taxa de
transmissão máxima contratada
- Taxa de Transmissão Instantânea (download e upload): 30% da taxa de
transmissão máxima contratada pelo usuário

- Prazo: A partir de novembro de 2014
- Taxa de Transmissão Média (download e upload): 80% da taxa de
transmissão máxima contratada
- Taxa de Transmissão Instantânea (download e upload): 40% da taxa de
transmissão máxima contratada pelo assinante

A Anatel indica o site Brasil Banda Larga
(http://brasilbandalarga.com.br/index.php/speedtest) para que os clientes
façam testes do serviço que contrataram e vejam se estão recebendo a
velocidade exigida.

Fonte: Boletim 1.182 Clube do Hardware

Sobre o Autor:
Mexa o mouse de novoAleciano Júnior é um dos colunistas do blog Electronware e escreve sobre Redes e Sistemas de comunicação, Hardware e Computação no mundo atual. Gosta de ajudar os bits a trafegarem e sonha com a Computação Invisível. Música é vida.

0 comentários: